O Papa Francisco conheceu a Renovação Carismática há muitos anos. Ele estava consciente dos seus riscos iniciais e da sua subsequente maturação no Espírito.

Ele também acredita que a unidade é maior do que a soma das suas partes e que um único e novo serviço poderia favorecer uma maior difusão dos seus carismas ao serviço da Igreja, da unidade dos cristãos e do mundo.

Foi assim que pediu que se fizesse um único serviço internacional para toda a corrente de graça.

Há três anos começava o serviço do CHARIS (Catholic Charismatic Renewal International Service) para toda a Renovação Carismática Católica no mundo.

Na Sala Paulo VI, o dia 8 de junho de 2019, o Papa Francisco apontou-nos a missão do CHARIS: 

  • partilhar com todos na Igreja a riqueza do batismo no Espírito Santo; 
  • trabalhar pela unidade dos cristãos  e
  • servir os mais pobres, os mais necessitados de tudo, física e espiritualmente.

Aqueles de nós que foram chamados a servir estamos fazendo com alegria, entusiasmo, muita vontade e fé. Encontramos as dificuldades inerentes às coisas novas, mas temos o apoio da oração, da fraternidade dos nossos irmãos e do acompanhamento do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

Em 2019, entendemos este serviço como um verdadeiro desafio. Depois a pandemia e hoje a guerra injusta na Ucrânia mostram-nos que o desafio evangelizador é uma necessidade crescente e urgente.

O mundo precisa de Jesus. Somos chamados a divulgar a Boa Nova: “Jesus está vivo”. Este é o serviço que a Renovação Carismática Católica deve prestar ao mundo, hoje mais do que nunca. 

Unindo os dons e as inspirações que Deus dá ao seu povo, começamos a percorrer este caminho.

CHARIS está comprometido com este serviço.  

Agradecemos a todos aqueles que nos acompanham e convidamos todos aqueles que se sentem chamados a esta comunhão de serviço a se unirem a nós. 

 

Pino Scafuro 

Moderador dp CHARIS

 

Messages only